sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

TENTATIVAS



APARENTE  FELICIDADE..
NOS  LÁBIOS  LINDO  SORRISO
NA  BOCA  PALAVRAS  DOCES
AFETUOSAS..
ALEGRIA  INSANA
CONVERSAS  LOUCAS,  DESVAIRADAS
INTENSO  FRENESI...
A  MAIS  LOUCA  MANEIRA 
DE  VIVER.
DISFARCE  PURO..
PARA  UM  CORAÇÃO  FERIDO
PARTIDO  EM  VÁRIOS  PEDAÇOS...
TRISTE  PERDA
DO  MAIS  LINDO  PEDAÇO  DE  MIM
ESSENCIA  ANGELICAL  QUE  PARTIU
UM  SER
ANTES
COMPLETO  NA  SUA 
TOTALIDADE.
AGORA  DIVIDIDO
EM  MENOS
QUE A  METADE...
TENTANDO  SOBREVIVER
COM  APENAS..
UM MILÉSSIMO
DE  SI  MESMA...
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO )

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

SONHOS X REALIDADE



NUM  IMPULSO  TE  OLHEI...
VI  SUAS  ASAS  DOCE  ANJO
SE  DESMANCHAREM
SEU  SORRISO  ESCARNECER...
OLHOS  BRILHANTES 
DE  ESTRELAS...
SE  APAGAR...
CANSADO  DE  BRINCAR
DE  AMAR....
ME  MOSTROU  SUA  REAL  FACE...
FOI  ESSE  SER  PEQUENO E  CRUEL
QUE  ME  ENCHEU  OS  OLHOS
E  O  CORAÇÃO?
SER  MESQUINHO...  FRIO... INDIFERENTE
A  MEUS  OLHOS...
PERFEITO  NA  SUA  ANGELICAL
ESSENCIA
NO  OUTONO  DAS  ILUSÕES...
DOS  SONHOS  DESVANECIDOS...
TE  VI  SE  AFASTAR...
TOTAL  DESDÉM...  SEM  ME  OLHAR.
DENSA  NÉVOA  A  COBRIR...
ALGUÉM QUE  SO  BRINCOU  DE  AMAR...
MAS  QUE  NO  FUNDO
NUNCA....JAMAIS  AMOU...
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
 
(  SÃO  PAULO  )

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

MINHAS VERDADES



NESSE  MOMENTO...
O  CHÃO  ME  FALTA.
SENHORA  DE  VERDADES
ABSOLUTAS.
ME  VEJO
NUM  TURBILHÃO  DE  NOVAS
EMOÇÕES...
EXPERIENCIAS
ABSURDAMENTE
CONTRADITORIAS...
UM  MESTRE...
UM  ANJO...
UM  CARRASCO.
ABRINDO  CHAGAS  NO  CORAÇÃO.
APLACANDO  A  DOR...
COM  SUAVES
BEIJOS  DE  AMOR...
ME  VEJO  REFÉM...
DE  UM  OLHAR...
UM  SORRISO.
MÃOS  ESTENDIDAS...
UMA  ÚNICA  PALAVRA...
"  VEM "
E  TODO  MEU  TORMENTO
SE  DISSIPA.
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )


terça-feira, 18 de dezembro de 2012

O PREÇO

 
 
SÃO  HORAS...DIAS...
SOLIDÃO  TRISTEZA  E  ABANDONO
ESSE  É  O PREÇO
A  PAGAR...
POR  ALGUNS  INSTANTES
DE  AMOR.
SENTIR  VOCE  MEU  DOCE  ANJO
NOS  MEUS  BRAÇOS...
A  SORRIR.
SORRISO  DE  PAIXÃO...
BOCA  A  BEIJAR...
MOMENTOS  DE  PARAISO
DE  INEBRIANTE
ENLEVO...
MOMENTOS  QUE  DEVERIAM
SER ETERNOS...
EU  PAGO...
SO  NÃO  CONSIGO ANJO  MEU...
DIVIDI - LO  COM  MAIS  ALGUÉM
NÃO  ME  PEÇA  ISSO...
ESTÁ  ALÉM 
MUITO  ALÉM  DE  MIM...
 
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

JULGAMENTO



QUE  JUIZ  ME  CONDENARÁ?
POR  TE  AMAR  ASSIM...
TOTAL  VOLUPIA
PRAZER  INSANO...
FELICIDADE  EXTREMA  SO  EM  VER...
MEU  DOCE  ANJO  A  SORRIR..
SERÁ  ERRADO?
AMAR  ALÉM  DOS  LIMITES
DO  COSMO
DO  INFINITO
AMAR  ENTRE  AS  ESTRELAS
NO  OBSCURO  DA  NOITE
SOB  O  LUAR..
NO  ABISMO  DE  UMA  VIAGEM
LOUCA...  ALUCINANTE.
DE  DESEJOS  DESVAIRADOS...
INSANDECIDOS...
PRAZER  DE  FUGA...
TRISTEZA  ANESTESIADA.
AMOR  DE  FAZ DE  CONTA...
MAS  DOCE  E  SUBLIME 
COMO  TODO  AMOR...
QUE ME  JULGUEM...
CONDENEM...
MAS  DESSE  AMOR  NÃO  FUGIREI...
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
 
(  SÃO  PAULO  )

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

NÃO ME DEIXE IR



EM  DESESPERO  FALEI.
QUERO  FICAR...
NÃO  ME  DEIXE  IR.
ME  SEGURE...
ME  PRENDA.
MAS  MEU  DOCE  ANJO
IMPASSÍVEL...
OCUPADO  DEMAIS
EM  ASPIRAR  OUTROS  PERFUMES
ADMIRAR  OUTRAS  FLORES
SEM  SAÍDA...
EM  LAGRIMAS  PARTI..
OCULTANDO  TODA  DOR 
NAS  GRUTAS  DE  NEREU...
PASSADO  O  TORPOR...
MEU  ANJO  ME  PROCUROU...
GRITOU  TÃO  ALTO
QUE  ACORDOU  OS  DEUSES  DO OLIMPO
VOZ  DE  TROVÃO...
QUEM  PROCURAS?
MINHA  FADA...  MINHA  DEUSA...
MINHA  DIVA
RESPOSTA...
SE   A  AMAVA....
POR QUE A  DEIXOU  PARTIR...
 
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

ESCOLHA



NA  BOCA....  GOSTO  AMARGO
CONFLITO  INTERNO...
O QUE  ESCOLHER?
RAZÃO  OU  CORAÇÃO?
DIFICIL  DECISÃO
MEU  DOCE  ANJO...
AOS  OLHOS  DO  AMOR
PERFEITO...  LINDO...EXUBERANTEMENTE
APAIXONANTE
REALIDADE...
APENAS  UM  HOMEM
IMATURO...
INFANTIL...
INCAPACIDADE  JUVENIL
DE  AVALIAR 
A  EXTENSÃO  DESSA  PAIXÃO.
PERDIDO  EM  DELIRIOS
DE VIAGENS  ASTRAIS..
SE  PERDENDO  DE  MIM.
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
  (  SÃO  PAULO  )
 
 


segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

SEI

 
MAIS  DIFICIL  QUE  VIVER...
É  DESCREVER...
TÃO  COMPLEXO  SENTIMENTO.
QUE  ME  TORNA
ESTRANHA  DE  MIM  MESMA...
INDESCRITÍVEL,  IMPOSSÍVEL...
INVASÃO  DE  MEU  SER.
BOM?  MAU?
APENAS  ESTRANHO
DESCONHECIDO....
PROFUNDO.... AMARGO
REAL  NA  SUA  TOTALIDADE
DEFINITIVAMENTE  CONCRETO..
PRESA  POR  VONTADE
NA  AURA  DE  UM  DOCE  ANJO
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )
 


quinta-feira, 29 de novembro de 2012

CIÚMES

INTIMO  SOFRIMENTO
DOMINADA  POR  UM  MONSTRO
DE  OLHOS  VERDES...
O  CIÚMES
COMO  SER  DIFERENTE?
MEU  LINDO  ANJO..
HIPNÓTICOS  OLHOS  NEGROS...
CATIVANTE  SORRISO...
EXALANDO  AMOR  EM  PALAVRAS
DOCES  E  SUAVES...
ARREBATANDO  OUTROS  CORAÇÕES..
SE  FAZENDO  APAIXONAR  POR  TANTAS...
COMO  CONDENAR  ALGUÉM 
POR  TE  AMAR  ANJO  MEU?
TUA  LUZ...  AQUECE..
CONFORTA...
ACONCHEGA..
ÉS  SUAVE  BRISA  EM  DIA 
DE  INTENSO  SOL.
MAS  É  NOS  MEUS  BRAÇOS
ANJO  MEU
QUE  TE  TORNAS
SENHOR  ABSOLUTO
DO NOSSO  MUNDO
DE  MAGIA..
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

ESQUECER



BANHEI  ME  NA  LUZ  DO  LUAR.
PRA  RETIRAR  DA  ALMA
A  ESSENCIA  DESSE  ANJO
IMPOSSIBILIDADE
EM  MIL  PARTÍCULAS  DE  AMOR
ME  DILUI
DESESPERO
TENTO   RESGATAR  MEU  EU
LUTA  ÁRDUA
DIFÍCIL....
SEPARAR  MINHA  ALMA  DA  SUA
VIDA?
NÃO.....  SOBREVIDA
SEM  UM  PAR  DE  OLHOS  NEGROS
CATIVANTE  SORRISO
SEM  UMA  CAMISETA  ROSA
DE  UM  ANJO  AMOR....
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO PAULO  )

domingo, 25 de novembro de 2012

COMPREENÇÃO



ENTÃO....  COMPREENDI.
TALVEZ  TARDE  DEMAIS
DOCES  E  ROSAS  JA NÃO  MAIS  SEDUZEM...
PALAVRAS  E  SORRISOS  TÃO  POUCO...
ENTENDI...
QUE  QUANDO  ARRANCAMOS
DO  PEITO  UM  ANJO
O  VAZIO  SE  TORNA  IMENSO...
UM  PEDAÇO  DE  NÓS   QUE  SE  VAI.
UMA  ALUCINANTE  DOR.
UM  BURACO 
SO  COMPARADO  AS  CRATERAS  LUNARES
DEIXAR  PARTIR...
PROFUNDO  SENTIMENTO
QUE   SE  PERDE  NAS  AREIAS  DO TEMPO
ACOSTUMAR  SE  COM  A  AUSÊNCIA
SENTIR SE  INTEIRA
MESMO  FALTANDO  UM  PEDAÇO
DE  SI  MESMA....
UM  PEDAÇO  CHAMADO
DOCE ANJO
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

PERDIÇAO

 
 
 
 
 
 
 
 

DENSAS  NÉVOAS
A  ENVOLVER  MEU  DOCE  ANJO.
SEU  SORRISO
ANTES  DE  LUZ.
SE  TRANSFORMOU
SE  MASCAROU
UMA  PROCURA  CONSTANTE.
ETERNA.....
FALSA  ALEGRIA
QUE  DISFARÇA
UM  TORMENTO
UMA  ANGUSTIA...
EM  DESESPERO  TENTO..
FAZER  DO  MEU  AMOR
SEU  PORTO  SEGURO
RESPOSTA  PRA  SUAS  INDAGAÇÕES
DO  MEU  COLO....
UM  LEITO  DE  PAZ  PRA  TI.
TUDO  EM VÃO....
MINHA  MÃO  NÃO  O  ALCANÇA...
PRECISO FAZER  COM  QUE  TE  ENCONTRES
ANJO  MEU...
OU  ENTÃO...
QUE  EU  ME  PERCA  COM   VOCE.
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )


quinta-feira, 22 de novembro de 2012

DIVINA ALIANÇA


SUAVE  AMOR
TÃO  VICIANTE...
PRESENÇA.
NECESSÁRIA...
OLHAR  QUE  ABRAÇA.
SORRISO  QUE  BEIJA...
TOQUE  QUE  SE  SENTE  DE  LONGE.
CALOR  A  AQUECER  A  ALMA..
UM  PRAZER  INFINITO
ENLEVO  DE  SONHOS  MIL...
ALGO  DE  CONCRETO...
A  ANCORAR  DOCES  SONHOS...
À  REALIDADE.
DOIS  CIRCULOS  BRILHANTES...
A  LEMBRAR...
SOU  SUA  DOCE  ANJO...
ÉS  MEU
PARA  TODO  O  SEMPRE.


SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )   

DESAFIO


ONDE  ANDA  VOCE?
TALVEZ  EM  ALGUMA  ESTRELA...
OU  ADORMECIDO
NO  LEITO  DOS  SONHOS..
QUANDO  ACORDARES...
VERAS  QUE  TEUS  PASSOS
SEGUEM  CELERES
RUMO  AO  DESCONHECIDO
E  POR  VEZES
O  MEDO
TOMARA  CONTA   DO  TEU  SER.
MAS...  MESMO  SEM  QUERER
UMA  GARRA  PODEROSA
ARRASTARA  VOCE  AO  DESAFIO
EU  VOU  VENCER...
TEREI  VOCE
E  JUNTOS...
O  MAIS  BELO  AMOR
VAMOS  VIVER
 
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )

domingo, 18 de novembro de 2012

O GÊNIO


DENSA  NUVEM  DE  FUMAÇA...
SUAVE  TORPOR..
UMA  APARIÇÃO
NA  MENTE...
TRÊS   DESEJOS  A  FAZER..
PRECISO  A PENAS  DE  UM.
MEU  DOCE  ANJO...
COMIGO  PRA  SEMPRE...
TÊ LO  TOTAL...  REAL...
AO  ALCANCE  DO  MEU  AMOR.
ESFUZIANTE  ALEGRIA...
E  O  ESPERAR...
NO  FINAL ...
O  DECRETO...
UM  GÊNIO  A  DIZER:
INFELIZMENTE  TEU  DESEJO 
NÃO  TENHO  COMO  REALIZAR...
SEU  ANJO  É  LIVRE....
E  SEMPRE  O  SERÁ.

SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )    

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

AMOR EM ORION



ASSIM  COMO  UMA  LUZ
NA  ESCURIDÃO
UM AFAGO NA ALMA.
PROFUNDO EXTASE...
COMO  DEFINIR O INDEFINÍVEL?
SENTIMENTO  TRANSMUTÁVEL
QUE VAI DE UM LOUCO AMOR
ÀS  RAÍZES  DO  ÓDIO.
DA  PAZ  ACONCHEGANTE...
AO  INFERNO  DO  CIÚMES  E  DA  IRA
SENTIRÁS  COM  MEU  CORAÇÃO?
INVADIREI TEU SER?
NÃO...  JAMAIS....
ESTÁ  ALÉM  DE  NÓS...
TALVEZ...
NUMA  CONSTELAÇAO  QUALQUER...
ENTRE  ORION  E  CENTAURUS.
O  FLUIDO  DE  NOSSA  EXISTENCIA.
UNIDOS  EM  UM  SÓ
VIAJARA  ENTRE  AS  GALÁXIAS
ENFIM...
 
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
 
(  SÃO  PAULO  )

domingo, 11 de novembro de 2012

OLHOS TRISTES


PERGUNTEI  AO  SILENCIO..
O  POR  QUE  DE  UM  ANJO
COM  O  MAIS   LINDO  DOS  SORRISOS
TER  UM OLHAR  TÃO  TRISTE...
SEM  RESPOSTA...
ENTREI  EM  COMUNHÃO  CONTIGO
PERSCRUTEI  SUA  ALMA.
SENTI
A  INABALÁVEL  DOR  QUE  AI  RESIDIA
DE  AFETOS  PERDIDOS
AUSÊNCIAS  ANGELICAIS.
PARTÍCULAS  DE  SEU  SER  A  VOAR...
NA  IMENSIDÃO  DO  PARAISO.
VI  O  EXATO  MOMENTO  EM  QUE
MEU  ANJO  PERDEU  SUAS  ASAS  RÓSEAS...
MESMO  ASSIM  VOCE  SORRI...
POIS  TENS  A  GLORIOSA  MISSÃO
DE  FAZER  FELIZ  A  OLHOS  
TÃO  OU  MAIS  TRISTES
QUE  O   SEU...

SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )     

sábado, 10 de novembro de 2012

DOR


E  ASSIM  FOI...
ME  COBRI  COM  O  VEU  DA  SOLIDÃO 
E  ABANDONO..
UM  GOSTO  DE  DERROTA.
DE  UMA  BATALHA  LONGA..
A  REJEIÇÃO  DE  ALGUEM
QUE  POR  SER  TÃO  AMADO  DOI  TANTO
UM  OLHAR...
ANTES  APAIXONADO
AGORA  FRIO  E  DISTANTE
UMA  ETERNA
E  LONGA  ESPERA
DE  UM  ABRAÇO... QUEM  SABE  UM  SORRISO
UM  CHAMADO...
NA  MADRUGADA..
NUM  REVOAR  DE  ASAS  NEGRAS, LÚGUBRES
UM  ENCONTRO
ONDE  HABITA  OS  PERDIDOS
OS  ESQUECIDOS....
E É AI  QUE  ME  SINTO  EU...

SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SONIA  MARIA  CORDEIRO  )   

ATO FINAL



E  COMO  DIZIA  O  CONDE...
EU  ATRAVESSEI  OCEANOS  DE  TEMPO PRA TE ENCONTRAR.
E  O  QUE  ACHEI  FOI  UM  ANJO
CUJO  AMOR  TÃO  PEQUENO E  FRÁGIL
NÃO  RESISTIU  A  PALAVRAS  DESTORCIDAS...
PIOR.
ANJO  PODE  SER  CRUEL
JULGA...
CONDENA...
SEM  DAR  CHANCE  DE  DEFESA
DECRETA UMA PENA
E  A  EXECUTA.
AH....  AMOR..
EFÊMERO
FRACO
COVARDE
QUE SE OCULTA EM BELAS PALAVRAS
PALAVRAS
SEM  ATOS  ..... VAZIAS
SONHOS QUE NAO   SE  REALIZAM..
DEVANEIOS  DE  UMA  ALMA...
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
( SÃO  PAULO  )

terça-feira, 6 de novembro de 2012

DECEPÇÃO



SE  ME  FOI  DADO  O  DIREITO
DE  SONHAR...
SONHAREI.
COM  UM  DOCE  ANJO...
TÃO  PRESENTE...
E  TÃO  AUSENTE
QUE  ME  FAZ  SORRIR...
E  QUE   ME  LEVA  AS  LÁGRIMAS
ÀS  VEZES  SUSSURRA  PALAVRAS   DE  AMOR
OUTRAS....
EMUDECE
VOA  ALÉM  DAS  ESTRELAS
NUM  INFINITO  INALCANSÁVEL
TÃO  INCOMPREENSÍVEL
E  IRRACIONAL
ESSE  AMOR...
SE  ME  FOI  DADO  O  DIREITO
DE  QUESTIONAR...
QUESTIONAREI.
COMO  PODE  VOCE  MEU  DOCE  ANJO....
PARTIR  MEU  CORAÇÃO
EM  MIL  PEDACINHOS...
E  MESMO  ASSIM
EU  CONTINUAR  A  AMÁ -LO
COM  CADA  UM  DESSES  PEDAÇOS
 
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SONIA  MARIA  CORDEIRO  )

domingo, 4 de novembro de 2012

UNIÃO

 
DE  JOELHOS...
ERGUI  MEUS  OLHOS..
VI  SUA  MÃO ESTENDIDA.
NÃO  ACREDITEI..
OLHEI  SEUS  OLHOS.
UMA  BONDADE  INFINITA..
PENSEI...
NÃO  TE  MEREÇO...
COM  VOZ  ROUCA  ME  DISSE:
VAMOS?
PARA ONDE?
TREMI...
MEDO  TALVEZ...
PORÉM  ERA MINHA  ÚNICA  SAÍDA.
SEGUREI  SUA  MÃO
CAMINHAMOS  JUNTOS....
E  AGORA..
MEDO  ONDE  ESTÁS?
NÃO  MAIS  O  CONHEÇO...
NOS  TEUS  BRAÇOS
VIREI  NENE,  MENINA , MULHER
SENHORA,  DONZELA...
DONA  DO  MUNDO...
DO  SEU  MUNDO.
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  )
  • A REAL FACE

     
     
     
     
    E  O  SORRISO  SE  DESFEZ...
     
    POIS  NÃO  ERA  MAIS  PRECISO  FINGIR.
    TAMPOUCO  MOSTRAR 
    UMA  ALEGRIA  INEXISTENTE
    TOMOU  PELA  MÃO
    SUA  VELHA  COMPANHEIRA
    A  SOLIDÃO
    E  JUNTAS...TRILHARAM  O  CAMINHO
    QUE  LHES  ERA  DE DIREITO..
    O  MEDO  SUCUMBIU...
    PERANTE  O  INEVITÁVEL..
    SÃO  DESIGNIOS 
    INCOMPREENSIVEIS...
    IMUTÁVEIS...
    ETERNOS...
     
     
    SONIA  MARIA  CORDEIRO
    (  SÃO  PAULO  ) 
    

    sábado, 3 de novembro de 2012

    ELI



    ENTÃO...  NÃO  CONTIVE  O  PRANTO
    E  CHOREI...
    PELO  BEIJO  NÃO  DADO
    PELO  ABRAÇO  NEGADO.
    PELAS  INTERMINÁVEIS  HORAS  
    GASTAS  EM  BRIGAS
    INÚTEIS  E  SEM  SENTIDO
    PELAS  INÚMERAS  VEZES
    EM  QUE  PODERIA  TER  DITO
    EU  TE  AMO
    E  NÃO  DISSE.
    MAS  VOCE  ELI...
    ENXUGOU  MINHAS  LÁGRIMAS
    COM  O  MAIS  BELO  E  SINGELO  PRESENTE
    UMA  LINDA  ROSA.
    BROTADA  DE  UMA  ROSEIRA  JÁ  SEM  VIDA...
    JÁ  NÃO  CHORO  MAIS..

    SONIA  MARIA  CORDEIRO
    (  SÃO  PAULO  ) 

    quinta-feira, 1 de novembro de 2012

    O AMOR SE FEZ

     
     
    ENFIM...
    O  SONHO  FEZ SE  REAL.
    O  AMOR  ACONTECEU.
    MEU  ANJO  EM  HOMEM  SE  TRANSFORMOU
    ME  TOMOU  EM  SEUS  BRAÇOS
    E  COM  JEITO  DELICADO  ME  AMOU.
    FOI  TÃO  INEBRIANTE  E  MÁGICO
    QUE  DESEJEI  QUE  O  TEMPO  PARASSE
    E  QUE  AQUELE  PRAZER  SE  ETERNIZASSE
    PEDI  EM  SILENCIO  QUE  O  SOL
    POR  MAIS  ALGUM  TEMPO
    DEIXASSE  SUA  AMADA  REINAR.
    MEU ANJO  AGORA  HOMEM...
    SUSSURRANDO  PALAVRAS  DE  AMOR  E  EXTASE
    ME  FEZ  SUBIR  AOS  CÉUS 
    E  VISLUMBRAR  O  ETERNO
    EM  SUAVE  TERNURA...
    NOSSA  NOITE  TERMINOU
    MEU ANJO....
    EM  MEUS  BRAÇOS  A  SORRIR...
    ADORMECEU  ENFIM....
     
    SONIA MARIA CORDEIRO
    (  SONIA  MARIA  CORDEIRO  )

    quarta-feira, 24 de outubro de 2012

    AGONIA

     
     
    QUANDO  MEU  PEITO  APERTA...
    O  CORAÇÃO  ACELERA...
    UM  DESEJO  ENORME
    TOMA  CONTA  DE  MIM...
    UM  DESEJO  DE  BRADAR  AOS  QUATRO CANTOS  DO  MUNDO
    A  IMENSIDÃO  DO  MEU  AMOR...
    UM  AMOR  QUE  INSISTE  EM  CRESCER
    SENDO  QUE  ESPAÇO  MAIS  NÃO  HÁ.
    UMA  AGONIA  POR  NÃO  SABER...
    COMO  E  QUANDO  SERÁ...
    EM  LÁGRIMAS  PEGO  O  PAPEL
    E  CANETA  E  TENTO  ESCREVENDO....
    ESPALHAR  UM  POUCO  DESSE  SENTIMENTO
    QUE  ME  CONSOME...
    COM  TINTA  DE  LÁGRIMAS
    ESCREVO....
    QUEM  É  VOCE  ANJO  MEU?
    DE  ONDE  VENS?
    E  PRINCIPALMENTE...
    QUANDO  SERÁS  INTEIRAMENTE
    MEU....
     
    SONIA  MARIA  CORDEIO
    (SÃO  PAULO )

    DOCE ENLEVO



    O  QUE  TE  PERTUBA  MEU  ANJO?
    QUE  RESISTÊNCIA
    EM  SE  ENTREGAR....
    NESSE  DOCE  ENLEVO
    DE  SENSAÇÕES  EXTASIANTES
    SIM  EU  SEI..
    TENS  MEDO  DE  SE  FIXAR  NO  SOLO  DA  REALIDADE...
    E  DE  NÃO  PODER  MAIS  VOAR
    COM  SUAS  ASAS  MÁGICAS
    É  O  CÉU  ETÉREO  QUE  O  FASCINA
    SEM  ELE....
    MORRERIAS
    TAL  UMA  FLOR  COLHIDA  DO  PÉ.
    MAS  NÃO  DOCE  ANJO...
    NOSSO  AMOR  NÃO  É  O  CARCEREIRO
    E  SIM  LIBERTADOR..


                                              SONIA  MARIA  CORDEIRO
                                                                (  SÃO  PAULO  )

    NÃO SOU MAIS EU



    DESEJEI  O  MUNDO  PARA  SER  FELIZ...
    DEUS  MOSTROU-ME
    QUE  O  QUE  ME  FAZ  FELIZ,  E  TÃO  POUCO...
    UMA  VISÃO  DE  UM  ANJO  DORMINDO...
    TÃO  FRÁGIL...  INDEFESO.... LINDO...  SUAVE...
    QUE  TIVE  MEDO  DE  TOCAR.
    DESPERTAR  E  ASSUSTAR  MEU  LINDO  ANJO.
    MEDO  DELE  FUGIR  E  NÃO  MAIS  PODER  VÊ-LO
    TÃO  LINDO,  FRÁGIL,  ESSE  ANJO  CHAMADO  AMOR
    SOU  FELIZ  POR  VOCE  EXISTIR.
    NO  MESMO  MUNDO  QUE  EU...
    MESMO  LONGE
    EM  OUTRA  REALIDADE  QUE  NÃO  A  MINHA
    VOCE  ESTA  TÃO  EM  MIM....
    JÁ  NAO  SOU  MAIS  EU
    SOU  VOCE..


                                       SONIA  MARIA  CORDEIRO
                                                                    (  SÃO  PAULO  )

    DOCE ANJO




    PELA  VIDRAÇA  GROSSOS PINGOS  DE  CHUVA
    CHUVA  DE  DESESPERO  E  SOLIDÃO
    ABANDONO...
    AQUI  DENTRO  LÁGRIMAS  DE  AGONIA 
    TUDO  PORQUE
    MEU  ANJO  RESOLVEU  ME  PUNIR  COM  SEU  SILENCIO
    E  COM  A  FALTA  DA  SUA  PRESENÇA...
    SUAVE  E  LINDA.
    CONFUNDI  TUDO...
    NUM  ARROUBO ESQUECI
    A  DELICADEZA  DE  SUA  ESSENCIA
    QUIS  RETÊ-LO  JUNTO  A  MIM  NUM  ABRAÇO.
    DESESPERADO.... NAO  SUPORTANDO...
    ELE  SE  FOI  SEM  ME  OLHAR
    SEM  NADA  FALAR...
    PERDOA-ME  MEU  DOCE  ANJO...
    PERDOA-ME  SIM?
    VOLTE  PRA  MIM.

                                        SONIA  MARIA  CORDEIRO
                                                                        (  SÃO  PAULO  )

    terça-feira, 23 de outubro de 2012

    DESENCANTO



    DIZEI - ME  ANJO  MEU
    QUEM  TE  FERIU  TÃO  PROFUNDAMENTE.
    QUEM  TE  FEZ  FICAR  ASSIM...
    TÃO  DISTANTE
    ESCONDIDO  EM  UM  MUNDO  DE  NÉVOA  E  DOR.
    FOI  TÃO  FERIDO  MEU  DOCE  ANJO
    TRAÍDO  NO  SEU  MAIS  PROFUNDO  SENTIMENTO
    QUE  RESOLVEU  SE  OCULTAR
    EM  MÁSCARA  DE  INDIFERENTE  FRIEZA
    QUANDO  ME  APROXIMO
    FALANDO  DE  CARINHO  E  AMOR...
    VOCE  SORRI  E  FOGE.
    RÁPIDO... VELOZ...
    COM  ASAS  DE  DESESPERO
    POR  NÃO  ENXERGAREM  O  BRILHO  DE  SUA  AURA
    FIZERAM   SEU  BRILHO  SE  APAGAR
    SEU  SORRISO,  ENTRISTECER...
    E  MEU  DOCE  ANJO
    DESENCANTAR.

                                         SONIA  MARIA  CORDEIRO
                                                                (  SÃO  PAULO  )

    MÁGICA NOITE



    NO  COMEÇO  ERA  FRIO
    DE  SOLIDÃO  ATROZ...
    FALTAVA ALGO.... MAS  O QUE?
    PESSOAS  RINDO...  CANTANDO...
    NOTAS  MELODIOSAS  ENCHIAM  O  AR..
    FALTAVA  ALGO  OU  ALGUÉM...
    VIREI-ME,  E  LÁ  ESTAVA  VOCE.
    MEU  DOCE  ANJO  A  SORRIR...
    SORRISO  DE  ESTRELAS  CADENTES.
    FOI  TÃO  MÁGICO  ESSE  ENCONTRO..
    ERAMOS  ALMAS  GEMEAS.
    NOS  TRANSPORTAMOS
    ATRAVÉS  DE  CHUVAS  DE  METEOROS.
    PRESENCIAMOS  EXPLOSÕES  DE  GALÁXIAS..
    VIMOS  UM  NOVO  PLANETA  SE  CRIAR...
    O PLANETA  AMOR.


                               SONIA  MARIA  CORDEIRO
                                                                      (  SÃO  PAULO  )

    segunda-feira, 22 de outubro de 2012

    AUSENCIAS



    SAUDOSAS...
    AUSENCIAS  PREDETERMINADAS...
    TEMPORÁRIAS...
    UMAS  MAIS  CURTAS
    OUTRAS  MAIS  LONGAS
    MAS  O  QUE  DIZER  DE  AUSENCIAS
    DEFINITIVAS... IMUTÁVEIS...ETERNAS...
    AUSENCIA QUE  TE  FAZ  AOS  POUCOS
    ESQUECER  UM  ROSTO
    UM  OLHAR....
    UM  JEITO  DE  SORRIR...
    AUSENCIA  DE  UM  TOM  DE  VOZ.....
    DE  SUAVE  CARICIA
    AUSENCIA  DE  UM    SONHO,  SONHADO  A  DOIS
    DE  UM  TOQUE  DE  ANJO..
    ESSA  DOI....
    E  AO  CONTRARIO  DO  QUE  DIZEM...
    O  TEMPO  NAO  CURA
    PARECE QUE  AMENIZA
    PORÉM,  SO  PARECE

                                       SONIA  MARIA  CORDEIRO
                                                                      (  SÃO  PAULO  )