sábado, 3 de novembro de 2012

ELI



ENTÃO...  NÃO  CONTIVE  O  PRANTO
E  CHOREI...
PELO  BEIJO  NÃO  DADO
PELO  ABRAÇO  NEGADO.
PELAS  INTERMINÁVEIS  HORAS  
GASTAS  EM  BRIGAS
INÚTEIS  E  SEM  SENTIDO
PELAS  INÚMERAS  VEZES
EM  QUE  PODERIA  TER  DITO
EU  TE  AMO
E  NÃO  DISSE.
MAS  VOCE  ELI...
ENXUGOU  MINHAS  LÁGRIMAS
COM  O  MAIS  BELO  E  SINGELO  PRESENTE
UMA  LINDA  ROSA.
BROTADA  DE  UMA  ROSEIRA  JÁ  SEM  VIDA...
JÁ  NÃO  CHORO  MAIS..

SONIA  MARIA  CORDEIRO
(  SÃO  PAULO  ) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário