quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

JULGAMENTO



QUE  JUIZ  ME  CONDENARÁ?
POR  TE  AMAR  ASSIM...
TOTAL  VOLUPIA
PRAZER  INSANO...
FELICIDADE  EXTREMA  SO  EM  VER...
MEU  DOCE  ANJO  A  SORRIR..
SERÁ  ERRADO?
AMAR  ALÉM  DOS  LIMITES
DO  COSMO
DO  INFINITO
AMAR  ENTRE  AS  ESTRELAS
NO  OBSCURO  DA  NOITE
SOB  O  LUAR..
NO  ABISMO  DE  UMA  VIAGEM
LOUCA...  ALUCINANTE.
DE  DESEJOS  DESVAIRADOS...
INSANDECIDOS...
PRAZER  DE  FUGA...
TRISTEZA  ANESTESIADA.
AMOR  DE  FAZ DE  CONTA...
MAS  DOCE  E  SUBLIME 
COMO  TODO  AMOR...
QUE ME  JULGUEM...
CONDENEM...
MAS  DESSE  AMOR  NÃO  FUGIREI...
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO
 
(  SÃO  PAULO  )

Nenhum comentário:

Postar um comentário