terça-feira, 22 de outubro de 2013



♥♥♥
“Tem gente que tem cheiro de colo de Deus. De banho de mar quando a água é quente e o céu é azul. Ao lado delas, a gente sabe que os anjos existem e que alguns são invisíveis. Ao lado delas, a gente se sente chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo. Sonhando a maior tolice do mundo com o gozo de quem não liga pra isso. Ao lado delas, pode ser abril, mas parece manhã de Natal do tempo em que a gente acordava e encontrava o presente do Papai Noel.”
 
 
SONIA  MARIA  CORDEIRO.

Um comentário:

  1. a simplicidade das coisas simples, descritas com a pureza de um poema. Parabéns.

    ResponderExcluir