segunda-feira, 15 de outubro de 2012

EXISTÊNCIA

 
EU  PROCUREI..
LÁ NO  FUNDO  DA  ALMA
NAS  ENTRANHAS DO  MEU  SER
NADA...
NÃO  EXISTIA  NADA..
POIS  TUDO  O  QUE  EXISTIA
TINHA  UMA  UNICA  RAZÃO
ERA  VOCE  DOCE  ANJO  DE  ASAS  ROSA
O ENLEVO,  O  DANÇAR  DA  VIDA.
TUDO  SE  RESUMIA  A  TI
MAS  SE  FOI...
MEU  ANJO  E  O  DOCE  ENCANTAMENTO
DE  JURAS  E  SUSSURROS  DE  AMOR
ENVOLVENTE
QUENTE
ARDENTE
DE OLHAR  MEIGO  E  DOCE
DE  SORRISO  ABERTO  E  INFANTIL
E  NADA MAIS  RESTOU
QUE  ESSE  MASSACRANTE
E  ETERNO  SILÊNCIO
 
 
 SONIA  MARIA  CORDEIRO
 
                                                                              SÃO  PAULO
 
 
 

Um comentário: